Projetos Co-Financiados

113363 – SI Inovação



Designação do projeto |Evolução tecnológica de processos industriais e implementação de melhoria contínua – Kaizen
Código do projeto |CENTRO-02-0853-FEDER-113363 
Objetivo principal| Reforçar a competitividade das pequenas e médias empresas
Região de intervenção | Centro
Entidade beneficiária |SILVA & VENTURA – TORNEARIA MECÂNICA, LDA.
 
Data de aprovação |21-05-2021
Data de início |01-07-2021
Data de conclusão |30-06-2023
Custo total elegível |444.067,49 euros
Apoio financeiro da União Europeia | FEDER – 200.442,37 euros

 

Descrição do Projeto |  A SILVA & VENTURA irá adquirir equipamentos automatizados, possuidores de IoT, para a fabricação de escadas conceptuais.

Irá ainda reforçar o processo de soldadura e pintura e agilizar todo o seu processo interno através de implementação da metodologia Kaizen e da aquisição de equipamentos com indústria 4.0.

aquisição de equipamentos com indústria 4.0.

 

 

042396 – SI Internacionalização

 

 


DESIGNAÇÃO DO PROJETO| S-VITECH INTERNATIONAL

CÓDIGO DO PROJETO| CENTRO-02-0752-FEDER-042396

OBJETIVO PRINCIPAL| Reforçar a competitividade das PME

REGIÃO DE INTERVENÇÃO| CENTRO

ENTIDADE BENEFICIÁRIA| SILVA & VENTURA – TORNEARIA MECÂNICA LDA

 

DATA DE APROVAÇÃO| 2019-04-10

DATA DE INÍCIO| 2019-02-01

DATA DE CONCLUSÃO| 2022-02-01

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL| 250.655,99 euros

APOIO FINANCEIRO DA UNIÃO EUROPEIA| 112.795,20 euros


DESCRIÇÃO DO PROJETO| A Silva & Ventura reforçará a sua estratégia de internacionalização, divulgando o seu mais recente produto inovador, escadas conceptuais, em mercados de alto valor acrescentado, nomeadamente Reino Unido, França, Marrocos, Espanha, Noruega, Angola, Alemanha e Suíça.

O projeto enquadra-se nas tipologias:

  • Conhecimento de mercados externos
  • Presença na web, através da economia digital
  • Prospeção e presença em mercados internacionais
  • Marketing internacional
  • Certificações específicas para os mercados externos

A Silva & Ventura compromete-se a atingir cerca de 46% de taxa de exportação em 2022.

 

 


39983 – BioCogen

 



Designação do projeto | BIOCOGEN

Código do projeto | 39983 

Objetivo principal| Projetar e construir um sistema integrado de mini-cogeração baseado numa caldeira de água que te alimentada a biomassa.

Região de intervenção | NUTS II Centro

Entidade beneficiária |SCIVEN (promotor-líder), Silva & Ventura, Universidade de Coimbra, Centro da Biomassa para a Energia.

  

Data de aprovação |02-09-2019

Data de início |03-02-2020

Data de conclusão |31-01-2023

Custo total elegível |1 610 550,81 euros

Apoio financeiro da União Europeia (incentivo total) | 1 096 617,55 euros

 

Descrição do Projeto | Desenvolvimento de um sistema integrado composto por uma caldeira estado-da-arte otimzada para o setor ternário, alimentada a biomassa, integrando uma tecnologia proprietária de mini-cogeração de energia térmica e elétrica, visando uma solução sustentável para o seu utilizador e, por difusão, para a sociedade. 

Assim, considera-se que contribui para os seguintes domínios proprietários e áreas de atuação: 

 - Soluções industriais sustentáveis

 - Valorização de recursos endógenos naturais

 - Inovação Territorial



033896-SUNROOF




Designação do projeto | S&V Sunroof: Cobertura inteligente de elevada dimensão, panorâmica e amovível, para edifícios

Código do projeto | CENTRO-01-0247-FEDER-033896 

Objetivo principal| Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de intervenção | Centro

Entidade beneficiária | SILVA & VENTURA - TORNEARIA MECÂNICA,

ITECONS - INSTITUTO DE INVESTIGAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO PARA A CONSTRUÇÃO, ENERGIA, AMBIENTE E SUSTENTABILIDADE

WSBP LECTRONICS, LDA 

 

Data de aprovação |10-05-2018

Data de início |01-09-2018

Data de conclusão |27-02-2021

Custo total elegível | 604.282,65 euros

Apoio financeiro da União Europeia (incentivo total) | 414.834,13 euros

 

Descrição do Projeto | O presente projeto pretende desenvolver um sistema envidraçado para coberturas, amovível, com vidros de elevadas dimensões (vidro duplo, triplo ou vidro fotovoltaico), associado a sistemas mecânicos de automação e controlo.

  

 

013645 - EXPANSÃO DA ATIVIDADE COMERCIAL

 




Objetivos do projeto:

O projeto visa o reforço da internacionalização da Silva & Ventura, não só através da consolidação nos mercados onde já atua mas sobretudo através da penetração em mercados externos mais exigentes e de elevado valor acrescentado no norte e centro da europa (Noruega, Dinamarca, Suécia), EUA, Chile e economias sul africanas onde o setor da construção está em crescente expansão.
A empresa apostará na qualidade e inovação como fatores diferenciadores face à concorrência, disponibilizando soluções de maior design e que permitem ao cliente reduzir custos de instalação e montagem.
A estratégia de internacionalização delineada passa não só pela realização de diversos contactos com a procura no sentido de auscultar as necessidades e características do mercado (viagens de prospeção) como também pela participação em diversas feiras de referência dos setores da construção, realização de estudos de mercado no sentido de adequar a oferta e a estratégia comercial e elaboração de plano de marketing. Esta estratégia de internacionalização será complementada com a contratação de um colaborador altamente qualificado para o departamento comercial o qual terá como funções gerir o mercado externo.

– Nº Projeto: CENTRO-02-0752-FEDER-013645
– Investimento elegível previsto: 172.676 €
– Incentivo aprovado: 77.704,20 €

– Data de Aprovação: 26-01-2016

– Período de execução do projeto: 28-10-2015 a 27-10-2017

 

 

Fotografias do projeto:


 

Resultados atingidos:

A Silva & Ventura, com o projeto, incrementou o seu volume de faturação em 35% face ao previsto. Face ao ano pré-projeto, a empresa atingiu uma taxa de crescimento nos mercados externos de cerca de 233%, estando assim presente nos mercados do Reino Unido, Espanha, Bélgica, Noruega e França.

 

 

 

005449 - SI Qualificação e Internacionalização – PME – Vales




Objectivos do Projecto:

O presente projeto permitirá a caraterização de um mecanismo de fixação que pode integrar sistemas inovadores de fachada. O sistema, em si, deverá responder às exigências funcionais que competem, normalmente em exclusivo, aos revestimentos (segurança, aspeto visual, regularidade superficial, conforto visual e conforto táctil), mas deve também proteger o paramento interior contra as agressões atmosféricas e obedecer às exigências funcionais das paredes, em termos de conforto higrométrico e acústico, de durabilidade, de segurança (estabilidade, segurança contra risco de incêndio, resistência aos choques), de estanquidade à água, etc. Para que o sistema satisfaça todas as exigências funcionais e os requisitos regulamentares em vigor é fundamental que possua determinadas características bem definidas. Pretende-se que o mecanismo de fixação, objeto de estudo principal do projeto, contribua decisivamente para o sucesso do sistema de fachada, devendo garantir-se adequado comportamento físico, especialmente mecânico.

A avaliação do comportamento do mecanismo deve ser efetuada, primeiro, através de modelação, o que permitirá efetuar estudos paramétricos da influência de determinadas variáveis no seu desempenho. Posteriormente, após o estudo numérico, será possível obter uma seleção das soluções mais adequadas às exigências pré-definidas e proceder à otimização do sistema. Finalmente, a construção de protótipos permitirá a avaliação, em laboratório e in situ, do comportamento das soluções.

De forma a responder ao problema supra identificado, em linha com a política da qualidade e estratégia comercial da empresa, que passa pelo crescimento fortemente alavancado na exportação de excelência ao nível do produto e serviços, a presente candidatura identifica a necessidade da contratação de serviços de consultoria com o objetivo de estudar os mecanismos de fixação, o que implica as seguintes tarefas:

– Envolvimento no dimensionamento final e formas de aplicação do mecanismo de fixação – definição dos componentes do interface de fixação (por exemplo componentes de aperto, elemento para realizar o corte-térmico, formas de fixação à parede), dos mecanismos e metodologia de instalação dos vidros, das características geométricas, mecânicas e materiais empregues no interface de fixação, tendo em conta as condicionantes resultantes da especificidade dos restantes componentes, nomeadamente dos vidros fotovoltaicos (peso próprio e espessura) e do isolamento térmico usado na parede.
– Em simultâneo com as tarefas do ponto anterior prevê-se modelar o comportamento mecânico do mecanismo em termos numéricos com recurso a software adequado (método de elementos finitos). Em termos térmicos, para que se mitigue o efeito ponte térmica pontual que o mecanismo pode criar, prevê-se a avaliação numérica do seu desempenho térmico.

– Realização de campanha laboratorial de caracterização mecânica e otimização do mecanismo de fixação – em função dos resultados obtidos anteriormente, o processo de caracterização do sistema de fixação poderá ser um processo iterativo, visto que se pretende realizar os ajustes necessários para otimização do desempenho da solução. Contempla a realização de ensaios físicos e mecânicos, como por exemplo ensaios de tração, de corte, de determinação do módulo de elasticidade dos materiais e de aferição do valor da condutibilidade térmica do elemento de corte térmico; ensaios de durabilidade, tais como resistência à ações de gelo-degelo, estabilidade dimensional em condições específicas de temperatura e humidade, resistência à humidade por condensação contínua e comportamento quando sujeita a nevoeiro salino. Todos os ensaios implicam a identificação das normas de ensaio em vigor ou definição e aplicação de procedimentos internos. Esta campanha laboratorial dependerá de instalações laboratoriais adequadas e do envolvimento de técnicos qualificados.

– Identificação dos procedimentos de certificação aplicáveis.
– Identificação das caraterísticas essenciais necessárias à certificação.
– Prevê-se ainda a avaliação do mecanismo de fixação devidamente aplicado num suporte e a fixar um vidro para que se preveja o seu comportamento, enquanto sistema completo, sujeito a ações tais como vento e impacto. Neste caso poderão realizarem-se os seguintes ensaios: o Determinação da resistência à ação do vento: EN 12179:2000 (método de ensaio), EN 13116:2011 (requisitos de desempenho); o Determinação da resistência ao impacto: EN 14019 (requisitos de comportamento); o Determinação e classificação da permeabilidade ao ar: EN 12153:2000 (método de ensaio) e EN 12152:2002 (classificação e requisitos de desempenho); o Determinação da estanquidade à água: EN 12155:2000 (ensaio em laboratório sob pressão estática), EN 13050:2011 (ensaio em laboratório sob pressão dinâmica de ar e projeção de água), EN 12154:2000 (requisitos e classificação); o No sistema completo, é ainda possível efetuar a determinação do coeficiente de transmissão térmica: ISO 12631:2012 para diferentes configurações. É claramente traçado o objetivo da obtenção destas caraterísticas que poderão servir de base à certificação do
sistema de fachada e componentes resultantes do presente projeto. Salienta-se que para a execução deste projeto é imprescindível a participação de uma entidade com capacidade laboratorial para a realização de ensaios e com competências na área em questão, com ensaios acreditados pelo IPAC. Assim sendo, a Silva & Ventura considera que será necessária uma entidade com competência reconhecida e com instalações laboratoriais adequadas e técnicos especializados.



– Nº Projeto: CENTRO-02-0853-FEDER-005449
– Promotor: 504313126 – SILVA & VENTURA – TORNEARIA MECÂNICA LDA
– Medida: SI Qualificação e Internacionalização – PME – Vales
– Aviso: 15/SI/2015 – INCENTIVOS À QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME (Vale Inovação)
– Aut. Gestão: Programa Operacional Regional do Centro
– Organismo: IAPMEI – Agência para a Competitividade e Inovação, I.P.
– Situação: /Execução/Pagamento/PTA


– Investimento previsto: 20.000,00€
– Investimento aprovado: 20.000,00€
– Montante financiado: 15.000,00€
– Período de execução do projeto: 18/09/2015 a 16/09/2016

 aquisição de equipamentos com indústria 4.0.

 

 

014698 – SI Inovação





Nº Projeto: CENTRO-02-0853-FEDER-014698

Objetivos do Projeto:

Este projeto surge da necessidade da Silva & Ventura de, por um lado, produzir soluções inovadoras customizadas, mais complexas, de maior valor acrescentado com a qualidade desejada (desenvolvidas para e com os clientes) e, por outro, dotar-se de capacidade produtiva adequada para responder ao aumento esperado da procura, sobretudo internacional.

Os investimentos em tecnologia de ponta que vai realizar permitirão aumentar a capacidade produtiva nalgumas fases do processo produtivo (torneamento e acabamento) e também integrar na cadeia de valor operações atualmente subcontratadas (corte a jato de água e acabamento). Por outro lado, vai-se reforçar o departamento técnico com equipamento e software mais evoluído, melhorando o serviço prestado ao cliente nas fases de conceção da solução e acompanhamento da obra.

A Silva & Ventura ficará mais competitiva na medida em que se registarão melhorias significativas ao nível de processo e produto, gerando maior valor acrescentado, e aumentarão os níveis de produtividade e eficiência.

– Investimento previsto: 356.407,50 €          
– Incentivo aprovado: 249.485,25 €   
– Período de execução do projeto: 01-10-2015 a 30-09-2017

 

 

003408 – SLIMFRAME

 


 


Slimframe PV & Cork Skin – Desenvolvimento de fachada multifuncional integrando cortiça e sistema fotovoltaico com fixação oculta

Promotor: Silva & Ventura, Lda

Co-Promotor(es):  Amorim Isolamentos, S.A.

ITeCons


Descrição do projeto

A Silva & Ventura Lda., os copromotores (Amorim Isolamentos S.A. e ITeCons) e o parceiro (Onyx Solar Energy S.L.) pretendem desenvolver uma solução tipo kit de fachada sustentável que consista num sistema modular com capacidade de acumular múltiplas funções e apresentar múltiplas configurações, integrando isolamento térmico em cortiça (ICB) e vidro fotovoltaico (PV) fixo por mecanismos inovadores. Serão alvo de desenvolvimento no projeto mecanismos de fixação do vidro ao elemento de suporte (parede) que garantam a ausência de perfis de caixilharia, contribuindo para a esbelteza do aspeto final da fachada (slimframe). Desta forma fica assegurada, pelo conhecimento e capacidade instalada do promotor, que este sistema de fixação atinja um grau de sofisticação e inovação acima do estado da arte, com vantagens de integração arquitetónica e técnica: medidas pelo nível de ocultação dos seus elementos e cablagens do PV e pelo desempenho físico (térmico, estanqueidade, mecânico).

Pretende-se que o sistema de fachada confira simultaneamente características de isolamento com baixo impacto ambiental e de aproveitamento passivo e ativo de energia solar. Assim, o principal objetivo do projeto é o desenvolvimento de uma solução de fachada multifuncional com características térmicas e energéticas otimizadas, ajustada aos requisitos técnicos e climáticos de diferentes localizações no espaço europeu. O sistema terá como principais atributos: (1) o uso de vidro PV com recurso à tecnologia de silício amorfo (vantajoso pelo captação eficiente da energia); (2) o aproveitamento do ar que circula na caixa-de-ar entre o vidro PV e a camada de isolamento ICB para benefício da qualidade do ar e conforto higrotérmico no interior do edifício, bem como para a redução das necessidades energéticas de climatização (sistema passivo de aquecimento e arrefecimento do ambiente interior); (3) a utilização de uma interface de fixação oculta do vidro PV ao suporte (paramento) com corte térmico e com a capacidade de ocultar as cablagens do sistema fotovoltaico; (4) a aplicação de isolamento térmico 100% natural e reciclável, com desenho e corte 3D parametrizado e personalizável, que otimiza o desempenho térmico integral e incorpora uma estética inovadora; (5) a flexibilidade inerente a um sistema que pode apresentar módulos com configurações distintas conforme a aplicação desejada, podendo estes incorporar revestimento final de cortiça à vista, vidro ou vidro PV, e que pode ser aplicado tanto a construções novas como a ações de reabilitação.


Atividades do projeto


A.1.  Estudos preliminares e definição do sistema;

A.2.  Desenvolvimento do mecanismo de fixação dos vidros;

A.3.  Avaliação do desempenho global e otimização do sistema;

A.4.  Campanha de validação experimental:

A.5.  Disseminação de resultados e promoção.


– Nº Projeto: POCI-01-0247-FEDER-003408

– Investimento previsto: € 434 757,44

– Incentivo aprovado: € 290 335,93

– Período de execução do projeto: 01/10/2015 to 30/09/2018


Projeto 2020
Projeto 2020