View this email in your browser
ANTIGO CONVENTO ALBERGA NOVO PROJETO HOTELEIRO
 - - -  NEYA HOTELS  - - - 
Foto: Fernando Guerra | FG+SG
Um projeto da autoria do Atelier PK Arquitetos com a colaboração do Colectivo ODD, que conta com a assinatura dos arquitetos Francisca Magalhães Ramalho, arquiteta responsável, Sérgio Bernardo, André Almeida e Gonçalo Moreira.
Foto: Fernando Guerra | FG+SG

INOVAÇÃO  |  SUSTENTABILIDADE  |  PATRIMÓNIO HISTÓRICO 
 
"...no âmbito da inovação aliada à sustentabilidade foi projetada e construída uma cobertura em vidro com características fotovoltaicas, que cobre o espaço da antiga igreja do convento. O vidro mantém uma suave transparência filtrando parte dos raios solares e produzindo energia para o próprio hotel de uma forma limpa e não poluente. Por outro lado, a permanência da luz natural devolve ao espaço a dignidade e o misticismo como uma ruína romântica".


A S-Vitech foi responsável pela implementação de vidro fotovoltaíco na recuperação do Convento Madre Deus de Monchique, onde nasceu o NEYA Porto Hotel.  
Representante da Onyx Solar em Portugal, a S-Vitech executou a obra preenchendo uma área de 159m2 com 80 unidades de vidro fotovoltáico em silício amorfo (cujo tamanho é de 1849x1245 mm e 2456 x 1245 mm) apresenta uma potência nominal de 7,5kWp e uma energia estimada de 9.428 kWh/ ano.

Localizado na zona ribeirinha da cidade Invicta, o NEYA Porto Hotel,  vai aliar contemporaneidade com património histórico e a sustentabilidade, factores que caracterizam a marca e um hotel de 4 estrelas,  que conta com 124 quartos e 12 suites com vista sobre o Douro.


VIDRO FOTOVOLTAÍCO SILICIO AMORFO

A tecnologia de silício amorfo recebe uma combinação perfeita entre estética e funcionalidade. Desde o ponto de vista mecânico, este filtro fotovoltáico comporta o equivalente a um filtro arquitetónico tradicional, e pode ser instalado no filtro parte do edifício. Sem embargo, como valor agregado, gera eletricidade limpa e gratuita para o proprietário, podendo chegar a satisfazer 100% da procura energética do edifício onde está integrado. As suas propriedades ativas e passiva convertem-no num material ideal para fachadas, clarabóias, paredes cortina e marquesas. Além disso, esta tecnologia oferece elevado rendimento debaixo de radiações difusas e altas temperaturas, convertendo-o num vidro apto para quase qualquer zona climática do mundo.

 

Vantagens do Silicio Amorfo

  • Personalização com infinitas cores, transparências e diferentes acabamentos
  • Versatilidade na sua integração
  • Garantia Onyx Solar
  • Transparência e iluminação natural no interior do edifício
  • Ideal para condições de luz difusas, aplicações verticais mesmo não orientadas para o Sol
  • Geração de energia
Saiba mais sobre a Onyx Solar
Foto: Fernando Guerra | FG+SG
Segundo a Arquiteta Francisca Magalhães Ramalho, a adequação à topografia, a naturalidade do uso dos telhados, o controlo da luz natural, o rigor das formas e a materialidade, foram o ponto de partida para este projeto, que se pretende original numa cidade onde a importância da arquitetura é evidente.

"O vidro mantém uma suave transparência filtrando parte dos raios solares e produzindo energia para o próprio hotel de uma forma limpa e não poluente".

Foto: Fernando Guerra | FG+SG
Foto: Fernando Guerra | FG+SG

"um espaço único, que pelos vestígios arquitetónicos mantidos em equilíbrio com a nova arquitetura do edifício, transportam para as memórias do passado conventual e industrial, que se fundem com o presente urbano".

Excertos retirados de press release de 31 de Agosto de PK Arquitetos e ODD Colectivo.
LinkedIn
Facebook
Twitter
Instagram
YouTube
Website
Email
Copyright © *|CURRENT_YEAR|* *|LIST:COMPANY|*, All rights reserved.
*|IFNOT:ARCHIVE_PAGE|* *|LIST:DESCRIPTION|*

Our mailing address is:
*|HTML:LIST_ADDRESS_HTML|* *|END:IF|*

Want to change how you receive these emails?
You can update your preferences or unsubscribe from this list.

*|IF:REWARDS|* *|HTML:REWARDS|* *|END:IF|*